Al Di Lá

Você se lembra do filme Candelabro Italiano?

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Meus Tipos


O Cubatão e o Santo eram grandes companheiros de pescaria. Nos sábados e feriados, de forma sagrada, o Santo tirava a sua carrocinha do galpão, atrelava a ruaninha, e - pernas pra que te quero - pegavam o rumo da estrada do Porto. Tralhas na carroça, davam uma parada na padaria do Seu Martim, para comprarem o pão e a mortadela, fiambre que era bancado alternadamente. O Cubatão, de compleição baixinha e gordo, sempre sério, ranzinza, como era da sua personalidade, não cumprimentava ninguém e só falava a muito custo. O Santo era mais graxa, não só não se importava com a bílis de ninguém como também dele o azedume passava a léguas. Com todos conversava, ria, cumprimentava, levantando o relho, mostrando os dentes, fazendo os ibarrarrás, naquela sua eterna alegria. Este era para se dizer, sem errar, pessoa de bem com a vida. Aquele meio belicoso com o mundo. Um era, sem sombra de dúvida, e de maneira inexplicável, exatamente o contrário do outro, mas, mesmo assim, eles se entendiam no más, ou, até demais. Um dia, quando a compra do fiambre era por conta do Santo, mal ele desce da carroça, justo saía da padaria a Dona Emília, mãe do Bidiva, que lhe cobrou: - Afinal, Santo, e os peixes que tu me prometes, quando chegam? Faz anos, hein? Caçoou. Resposta, gritando para meio mundo ouvir: - É hoje, minha velha... Hoje a senhora ganha um jundiá para o ensopado, e, se enquadrando, uma traírinha pra fritar... Hoje a lua tá boa e misturada com a mão e a sorte do Cubatão... Disse, olhou para o companheiro, entrou na padaria, comprou os pães, e, surpresa! Quando voltou para a carrocinha, cadê o Cubatão? Olhou para o lado e viu o companheiro, já longe, voltando para casa com caniços, lampião e o resto dos avios. Deu cara-volta e alcançou-o, perguntando: - Que bicho te mordeu, homi de Deus? O Cubatão, casmurriento, sem diminuir o passo, devolveu: - Ué!, nós nem cheguemo a sair pra pescaria e tu já tás dando os peixes!!! Cansei!

Nenhum comentário:

Marcadores